Família portuguesa encontrada morta a sul de Londres

Elementos de uma família portuguesa, pai, mãe e dois filhos, foram encontrados mortos em Londres e no sul de Inglaterra. A mulher foi descoberta em casa em Twickenham, no sudoeste de Londres. Os corpos do pai e dos filhos foram encontrados a 90 milhas no fundo das escarpas da praia de Birling Cap, perto de Eastbourne.

A polícia lançou uma investigação crime e admite ter encontrado uma mulher, de cerca de 40 anos, esfaqueada em casa e seu marido e duas crianças na beira-mar do leste de Sussex.

Pouco se sabe sobre o que levou este homem de nacionalidade portuguesa, de 57 anos, recentemente vindo da Venezuela, a alegadamente esfaquear a mulher e suicidar-se com os dois filhos, um de sete e outro de dez anos, que foram encontrados, por um membro do público, sobre a praia junto às escarpas da praia de Birling Gap.

Scotland Yard disse que, embora os corpos ainda não tenham sido formalmente identificados, tudo indica que são os membros da família da mulher encontrada morta em Twickenham.

A casa de Londres, que os vizinhos acreditam ser alugada, permaneceu selada com um cordão policial enquanto polícias em uniformes forenses inspeccionam o jardim.

Os vizinhos descreveram a família como “simpática”.

Um residente, Paul Warrington, de 54 anos, disse ao jornal Sun: “Nunca vi nada de anormal que pudesse justificar o acontecido. Viviam lá há cerca de um ano. Era uma família normal.”.

Um residente, que pediu para não ser nomeado, disse: “Havia muita polícia, pessoas de uniforme, fora da casa quando cheguei do trabalho ontem às 19h. E ainda estavam lá esta manhã”.

Outros vizinhos disseram que sabiam muito pouco sobre os moradores e acreditavam que eram novos na área.

A Polícia Sussex disse que um veículo foi recuperado junto à beira-mar e explicou que os três corpos não foram encontrados dentro do veículo.

Nenhuma prisão foi efectuada e a polícia disse não estar procurando ninguém em conexão com a investigação nesta fase. Familiares já foram notificados.

Qualquer pessoa com informações é convidada a telefonar à Polícia Metropolitana no 0208 721 4005, ou localmente a Polícia Sussex no número 101 referindo a Operação Glasson. Também pode telefonar anonimamente o ‘Crimestopper’s’ pelo número 0800 555 111.

 

Comentários

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ir para TOPO