Subida de salários podem aumentar preços

Os salários reais no Reino Unido aumentaram ao ritmo mais rápido desde há dois anos e meio a esta parte, especialmente no primeiro trimestre de 2018, podendo espoletar um aumento da taxa de juro em Maio. Segundo o Instituto de Estatística Nacional britânico os salários aumentaram 2,6% no mesmo período, em comparação com o ano anterior.

Especialistas do Banco da Inglaterra assinalaram o crescimento acelerado dos salários como uma das razões para uma mudança radical na política monetária, temendo que um mercado de trabalho cada vez mais apertado possa levar a pressões, provenientes de aumentos de custos, para os negócios e provoquem uma subida de preços para os consumidores.

A falta de crescimento salarial tinha sido, até agora, o factor mais negativo da recuperação pós-crise económica do Reino Unido. “Enquanto a economia do Reino Unido se expandia, os salários reais continuavam a cair, comparados com os dos nossos homólogos europeus”, escreveu o ONS comentando os números.

No entanto o resultado de 2,6% de crescimento, está de acordo com as expectativas dos analistas. A retribuição real, após a contabilização da inflação, foi 0,2 por cento inferior ao ano anterior. Em Janeiro, a taxa de desemprego caiu para 4,3%, abaixo de 4,4% em Dezembro.

O facto colocou a taxa de desemprego ao nível mais baixo desde 1975. Apesar da queda em termos globais do desemprego, houve um ligeiro aumento no número de desempregados no primeiro trimestre de 2018. A actual taxa de emprego do Reino Unido, é de 75,3% e a mais alta desde 1971.

Comentários

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ir para TOPO