Élia Carvalho concorre às eleições em Lambeth

Élia Carvalho é a candidata portuguesa do Partido Conservador, por Thurlow Park Ward (Lambeth), nas próximas eleições locais de 3 de Maio de 2018. É natural de Lisboa, mãe de 3 filhos, cresceu numa família de funcionários públicos nos Bombeiros Voluntários e teve treino militar. Está no Reino Unido há 15 anos e vive em Lambetth, que também chamam o ‘Little Portugal’, dado a densidade demográfica de residentes portugueses naquela área.

Ao nosso jornal explica que é “casada e mãe de 3 filhos, de 14, 6 e 3 anos, todos nascidos na Inglaterra. Fui voluntária no King’s College Hospital onde descobri a minha paixão e quis dedicar-me a ajudar outras pessoas.  Formei-me em Nutrição e em enfermagem e sou enfermeira em centros de saúde do NHS”.

Na política quer “promover inovação e reabilitação da área local e serviços para melhorar a qualidade de vida na comunidade”. As dificuldades detectadas, no seu dia a dia como enfermeira, na NHS e a participação num fórum do partido conservador sobre as responsabilidades da mulher na sociedade moderna, despoletou a vontade de participar politicamente na gestão da vida comunitária em Lambeth e, como vereadora, pretende “poder influenciar e ajudar mais pessoas”.

“Quero apoiar e representar as pessoas locais e sei que estou numa posição única de poder representar uma grande variedade de pessoas da comunidade, quer sejam jovens ou idosos, estrangeiros ou nacionais, homens ou mulheres, profissionais ou desempregados…”, diz-nos Élia Carvalho.

Claro que o facto de poder vir a ser uma vereadora em Lambeth, por Thurlow Park Ward e residente na área há 15 anos, onde os portugueses são uma população significativa, a jovem política sente que esteve “sempre em contacto com os problemas e desafios que afectam a maioria dos portugueses a viverem em Londres. Sou frequentadora do comercio local, tenho conhecimento das iniciativas realizadas para apoiar a comunidade e dedico o meu tempo na ajuda, sempre que possível.”

Explica que em Lambeth é “‘community connector’, uma rede de pessoas com treino específico e conexões relevantes para ajudarem outras pessoas a terem acesso ao apoio e serviços de que necessitam. Trabalho com as escolas locais e traduzo os boletins escolares semanalmente para português que são enviados aos pais através de e-mail para ajuda-los a perceber melhor o sistema educativo britânico e encorajar a participação dos mesmo na educação e progresso académico dos filhos”.

Por fim, Élia Carvalho diz estar envolvida no “Lambeth Portuguese Community Wellbeing Partnership’, que foi iniciado por um médico para apoiar a população portuguesa em Lambeth, referente à saúde e bem-estar de pessoas e famílias. Foi angariado um fundo de £335 mil para esta iniciativa e estamos a desenvolver um plano estratégico para implementar o projecto”.

É sem dúvida uma jovem portuguesa que conhece bem a região e a comunidade residente e que poderá fazer a diferença no desenvolvimento das suas funções políticas quanto às necessidades emergentes na comunidade portuguesa e outras ali residentes e manter a importante representação portuguesa em Lambeth. Para mais informações contactar:  [email protected]

Comentários

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ir para TOPO